Sobre o René – René Mendes

Sobre o René

René Mendes é médico especialista e professor de Saúde Pública e Medicina do Trabalho, com quase 45 anos de experiência profissional, atuação no Ministério do Trabalho, Ministério da Saúde, Fundacentro e em organismos internacionais como a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS),Organização Mundial de Saúde (OMS) e Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Foi Professor-Titular de Medicina Preventiva e Social na Universidade Federal de Minas Gerais (1991-1997), Professor Assistente-Doutor da UNICAMP (1977-1991) e Professor Associado Senior da Escola de Saúde Pública da Johns Hopkins University (Baltimore, EUA, 1983-2014).

É autor de livros nas áreas de Medicina do Trabalho e Saúde do Trabalhador, inclusive o clássico “Patologia do Trabalho”, livro que reúne textos de mais de cem colaboradores, constituindo-se na maior referência para profissionais que atuam em áreas que envolvem a saúde dos trabalhadores. Tem cerca de 200 trabalhos publicados na forma de artigos em periódicos, resumos em anais de congressos, teses de pós-graduação, capítulos de livros, autoria, edição ou organização de livros.

Integra, desde 1972, a Comissão Internacional de Saúde no Trabalho (ICOH), da qual participou, por seis anos, do Conselho Diretor (Board), tendo recebido, em 2012, o título de Membro Honorário. Está vinculado, também, desde 1972, à Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT) – da qual já foi Presidente e Diretor de Relações Internacionais – e é editor da Revista Brasileira de Medicina do Trabalho.

Nos últimos anos vem se dedicando a construir conhecimento sobre trabalho saudável e saúde do trabalhador, produzindo textos, realizando palestras, cursos e outras atividades. Na esfera internacional, é membro do International Advisory Board da Fundação LDHO – Learning and Developing Occupational Health, que tem sede na Holanda.

Em nosso país e com interesse ampliado para a América Latina e Caribe, suas atividades atuais buscam focalizar, investigar e dar visibilidade às condições de vida, ambiente, trabalho e saúde de homens e mulheres inseridos em atividades econômicas específicas e/ou determinadas profissões ou ocupações – historicamente mais invisíveis e esquecidos -, começando no passado e chegando ao presente, como contribuição ao processo de construção do Trabalho Decente (digno), Seguro e Saudável para todos, aqui e agora.