A Utopia do Trabalho Saudável – René Mendes

A Utopia do Trabalho Saudável

Indicações bibliográficas sobre A Utopia do Trabalho Saudável e a luta por sua construção aqui e agora

 

ALBORNOZ, Suzana – Ética e Utopia: ensaio sobre Ernst Bloch. 2ª. ed. Porto Alegre/ Santa Cruz do Sul: Movimento/FISC, 2006.

ALBORNOZ, Suzana – Utopia. In: BARRETTO, V. P. (Coordenador) – Dicionário de Filosofia Política. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2010. p. 523-7.

ALBORNOZ, Suzana – Trabalho e Utopia na Modernidade: de Thomas More a Paul Lafargue. Porto Alegre: Movimento/ Nova Harmonia, 2011.

BLOCH, Ernst – O Princípio Esperança – Volume I. [Tradução de Nélio Schneider].São Paulo: Contraponto Editora, 2005.

BLOCH, Ernst – O Princípio Esperança – Volume II. [Tradução e notas de Werner Fuchs].São Paulo: Contraponto Editora, 2006.

BLOCH, Ernst – O Princípio Esperança – Volume III. [Tradução de Nélio Schneider]. São Paulo: Contraponto Editora, 2006.

DIAS, Elizabeth Costa – Posfácio – A Utopia do Trabalho que Também Produz Saúde: as pedras no caminho e o caminho das pedras. In. MENDES, René (Org.) – Patologia do Trabalho, 3ª. ed., Vol. 2, 2013. p. 1881-92.

MANNHEIM, Karl – Ideologia e Utopia. 4ª ed. Rio de Janeiro, 1986.

MOLTMANN, Jürgen – Ética da Esperança. [Tradução de Vilmar Schneider]. Petrópolis: Vozes, 2012.

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (OIT) – Trabalho Decente nas Américas: uma agenda hemisférica, 2006-2015. Brasília: OIT, 2006. Disponível em> http://www.oit.org.br/sites/default/files/topic/decent_work/pub/agenda_hemisferica_303.pdf

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS) – Ambientes de Trabalho Saudáveis – Um Modelo para Ação: empregadores, trabalhadores, formuladores de política e profissionais. OMS [Tradução do Serviço Social da Indústria].  Brasília: SESI/DN, 2010. Disponível em> http://www.who.int/occupational_health/ambientes_de_trabalho.pdf

VASCONCELLOS, Luiz Carlos Fadel de; OLIVEIRA, Maria Helens Barros de – Direitos humanos e saúde no trabalho. Saúde e Direitos Humanos, 4(4):113-134, 2008.

VILELA, Daniel Marques – Utopias Esquecidas: origens da Teologia da Libertação. São Paulo: Fonte Editorial, 2013.

Tags:,