História do Trabalho: condições de trabalho e saúde do trabalhador e trabalhadora II – René Mendes

História do Trabalho: condições de trabalho e saúde do trabalhador e trabalhadora II

Indicações Bibliográficas sobre História do Trabalho, com foco nas condições de trabalho e na saúde dos trabalhadores e trabalhadoras – Brasil

 

ABRAMO, Laís Wendel – A Inserção da Mulher no Mercado de Trabalho: uma força de trabalho secundária? São Paulo, 2007. [Tese de Doutorado em Sociologia, FFLCH-USP]

BENCHIMOL, Jaime Larry; SILVA, André Felipe Cândido da – Ferrovias, doenças e medicina tropical no Brasil da Primeira República. História, Ciências, Saúde, Manguinhos, Rio de Janeiro, 15(3):719-762, 2008.

CRAIG, Neville B. – Estrada de Ferro Madeira Mamoré: história trágica de uma expedição. [Tradução de Moacir N. Vasconcelos]. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1947.

CRUZ, Oswaldo – Considerações gerais sobre as condições sanitárias do Rio Madeira. Considerações gerais sobre as instalações da E. F. Madeira-Mamoré encaradas no ponto de vista sanitário. Rio de Janeiro, 1913.

DEAN, Warren – A industrialização de São Paulo: 1880-1945. [Tradução de Octavio Mendes Cajado]. São Paulo: Difel, 1971.

DIAS, Elizabeth; ASSUNÇÃO, Ada Ávila; GUERRA, Claudio; PRAIS, Hugo Alejandro Cano – Processo de trabalho e saúde dos trabalhadores na produção artesanal de carvão vegetal em Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 18: 269-277, 2002.

EISEMBERG, Peter – Homens Esquecidos: escravos e trabalhadores livres no Brasil: Séculos XVIII e XIX. Campinas: Editora da UNICAMP, 1989.

FARIA, Antonio Augusto Moreira de Faria; PINTO, Rosalvo Gonçalves e cols. – (Orgs.) – Poemas sobre Trabalhadores. Belo Horizonte: Fino Traço, 2013.

FAUSTO, Boris – Trabalho Urbano e Conflito Social: 1890-1920. Rio de Janeiro: Difel, 1977.

FERREIRA, Manoel Rodrigues – A Ferrovia do Diabo. São Paulo: Melhoramentos, 2005.

GROSSI, Yvone de Souza – Mina de Morro Velho: a extração do homem – Uma história de experiência operária. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981. [Coleção Estudos Brasileiros, vol. 55]

GUILLEN, Isabel Cristina Martins – Errantes da Selva: histórias da migração nordestina para a Amazônia. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2006.

HARDMAN, Francisco Foot – Trem Fantasma: a ferrovia Madeira–Mamoré e a modernidade na selva. 2ª. edição revisada e ampliada. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

LOPES, José Sérgio Leite – O Vapor do Diabo: o trabalho dos operários do açúcar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976. [Estudos Brasileiros, vol. 10]

MELLO, Evaldo Cabral de – O Bagaço da Cana: os engenhos de açúcar do Brasil holandês. São Paulo: Penguin/ Companhia das Letras, 2012.

MENDES, René; WAISSMANN, William – Bases históricas da Patologia do Trabalho. In: MENDES, René (Org.) – Patologia do Trabalho – Vol. 1. 3ª. ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2013. p. 3-48.

NEGREIROS, Marcelus Antonio Motta Prado de – Trajetórias e Memórias Sobre a Saúde dos Soldados da Borracha em Seringais do Acre. São Paulo, 2011. [Tese de Doutorado, Faculdade de Saúde Pública da USP].

REBOUÇAS, Antonio José de Arruda e cols. (Orgs.) – Insalubridade: morte lenta no trabalho. São Paulo: Diesat – Oboré Editorial, 1989.

REIS JÚNIOR, Reinaldo de Lima – Cidade, Trabalho e Memória: os trabalhadores da construção de Brasília (1956-1960). Belo Horizonte, 2008. [Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Ciências Sociais. Orientadora: Profª. Drª. Magda de Almeida Neves]

RIBEIRO, Herval Pina; LACAZ, Francisco Antonio de Castro (Orgs.) – De que Adoecem e Morrem os Trabalhadores. São Paulo: DIESAT, 1984.

ROCHA, Lys Ester; RIGOTTO, Raquel Maria; BUSCHINELLI, José Tarcísio Penteado (Orgs.) – Isto é Trabalho de Gente? Vida, Doença e Trabalho no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1993.

SALDANHA, Heitor – A Hora Evarista. Porto Alegre: Editora Movimento / Instituto Estadual do Livro, 1974. (Poemas sobre as condições de trabalho e saúde dos trabalhadores da mineração subterrânea do carvão no sul catarinense)

SCHWEICKARDT, Júlio; LIMA, Nísia Andrade – Os cientistas brasileiros visitam a Amazônia: as viagens científicas de Oswaldo Cruz e Carlos Chagas (1910-1913). História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio e Janeiro, 14 (suplemento): 15-50, 2007.

SCHWEICKARDT, Júlio; LIMA, Nísia Andrade – Do inferno florido à esperança do saneamento: ciência, natureza e saúde no estado do Amazonas durante a Primeira República (1890-1930). Boletim Museu Paraense Emílio Goeldi Ciências Humanas, Belém, 5(2): 399-415, 2010.

SPINDEL, Cheywa R. – Homens e Máquinas na Transição de uma Economia Cafeeira: formação e uso da força de trabalho no Estado de São Paulo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. [Coleção Estudos Brasileiros, vol. 40]

THIELEN, Eduardo et al. A Ciência a Caminho da Roça: imagens das expedições científicas do Instituto Oswaldo Cruz ao interior do Brasil entre 1911 e 1913. Rio de Janeiro: Fiocruz/Casa Oswaldo Cruz, 2002.

VASCONCELLOS, Luiz Carlos Fadel de; OLIVEIRA, Maria Helena Barros de (Orgs.) – Saúde, Trabalho e Direito: uma trajetória crítica e a crítica de uma trajetória. Rio de Janeiro: Educam, 2011.

Tags:,